Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

06
Ago10

Um post que não tem nada a ver com livros

Patrícia
Ao comprar bilhetes para uma peça de teatro, e porque não conhecia a sala em questão, deixei o meu nome e nº de telefone para que a pessoa responsável me ligasse de volta.

(informação pertinente: o meu ultimo nome é igual ao de um politico muito conhecido)

2 minutos depois o meu telemóvel toca:

- boa tarde, fala o xxx da companhia XPTO. Sei que pretende bilhetes para o próximo sábado. em que sessão é?
- Boa tarde. Olhe, na realidade quero bilhetes para a sessão que tiver melhores lugares disponiveis. Sei que já um bocadinho em cima da hora, ptto nem tenho sessão preferencial.
- desculpe, mas posso fazer-lhe uma pergunta?
-sim, claro.
- Por acaso não é familiar do   @@@@@@?
- (rindo-me imenso). Não, não. é mesmo só o nome que é igual.
- sabe, é que fosse eu tinha que avisar a produção....


Épa, passam a vida a perguntar-me se sou da familia do senhor, tive um chefe que me apresentava como sobrinha dele (as vergonhas que eu passava ao ter que desmenti-lo) mas uma destas nunca me tinha acontecido. Mas a verdade é que, mesmo não sendo familiar do outro, os lugares eram óptimos... provavelmente uns dos melhores da sala.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.