Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ler por aí

Ler por aí

26
Ago18

A Carne, de Rosa Montero

Patrícia

DSC06872.JPG

O nome da personagem dá o mote a esta história. A Solidão é o grande tema deste livro. Soledad, uma mulher que aos chegar aos 60, profissional de sucesso mas que se sente uma mulher falhada. Esta mulher é o reflexo da nossa sociedade, que sente em cada ruga a pressão da idade, na solidão vê o preço do falhanço da falta de amor.

 

Confesso que adorei Soledad. Não posso dizer que me identifico com ela mas senti empatia com ela desde a primeira página. A imagem que se vê reflectida no espelho e que não se reflecte, de todo, com o que é.

Não vos vou falar muito sobre esta história. Basta-me dizer-vos que conta a história de uma mulher de 60 anos que contrata um gigolô bastante mais novo que ela. O objectivo é, inicialmente, provocar ciúmes no ex-amante mas... bem, a atracção entre ambos leva a que a história não se fique por aquela noite. 

Com a desculpa de uma exposição que Soledad está a preparar, Rosa Montero leva-nos, numa espiral de histórias, a conhecer uma série de escritores malditos, as suas histórias, os seus crimes, a sua genialidade. Somos constantemente desafiados a fazer uma pausa e a ouvir um pouco de música ou a pesquisar um pouco mais sobre um destes escritores malditos.

 

Acho que não preciso de vos dizer que gostei muito deste livro, que vos aconselho a sua leitura. Rosa Montero tem uma forma muito especial de escrever e eu fiquei rendida. Tenho, há muito, na estante o A louca da Casa, o seu livro mais famoso, que me tem sido repetidas vezes aconselhado e que será uma das minhas próximas leituras.