Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ler por aí

Ler por aí

17
Set19

Memórias de um dia perfeito

Patrícia

Um dia perfeito tem livros. E amigos. (e achetagues maravilhosas... mas isso é outra história)

Quando os livros são dos amigos e os amigos são dos livros, torna-se tudo ainda mais brilhante.

Foi o caso da apresentação do livro da Márcia Voar no quarto escuro. Houve livros, amigos, gargalhadas e sorrisos emocionados. Foi bonita a festa, pá!

IMG_7891.jpg

Os sorrisos destes 3 já contam a história desta tarde. A editora Sara, que apostou na Márcia e a acompanhou ao logo do processo, a Márcia, orgulhosa do seu "mais novo" e o Ricardo Duarte que tão bem e tão ao seu jeito apresentou este livro. 

Foi tão bom ouvi-los conversar e ver a Márcia em versão "escritora convidada da comunidade de leitores" :) 

IMG_7995.jpg

Foi bom ouvir a Ana, outra amiga dos livros, a ler alguns excertos dos livros (a inevitável gargalhada da minha desaparecida colega de blog foi prova disso).

IMG_7840.jpg

E foi bom rever amigos dos livros, conhecer amigos dos livros - isto dos blogs tem coisas maravilhosas, oh se tem!

As fotos são do Gil Cardoso, como sempre :). Obrigada por mas deixares usar!

Foi a primeira vez Márcia, não será a última certamente :) Parabéns!

 

06
Ago19

Um primeiro romance!

Patrícia

Nem imaginam o orgulho e a alegria que sinto ao dizer-vos que O livro da Márcia vai sair em breve e já está em pré-venda.

Conheci a Márcia na Roda dos Livros e tornámo-nos amigas. Vi a Márcia crescer como leitora. Vi como lutou para se tornar escritora. Conto a conto, que li, sempre com assombro e mais do que uma ponta de orgulho, escreveu e conseguiu publicar o seu primeiro romance. 

Deixo-vos sinopse e a maravilhosa capa (de Ana Aragão) deste Voar no quarto escuro e a certeza de que ainda vão ouvir falar muito deste livro.

Para já, está em pré-venda até dia 29 de Agosto. 

 

Marcia.jpg

 

«Sou eu a minha prisão, agora. Até acordar cercada por grades, algures.»

Eduarda apenas sonhara em refazer a sua vida após a morte do marido, que a deixou sozinha no mundo com uma filha adolescente. Não desconfiou que essa nova casa, com um novo companheiro, a conduziria a uma vida de violência, destinada ao esquecimento.

Anos de submissão encaminham-na para uma noite de tempestade. Este é o momento em que as paisagens tão dissonantes da vida de seis mulheres se entrelaçam de uma forma inegável, numa demanda pelo significado da vida. Mães, filhas, amigas, amantes, casas devastadas pela dúvida e pela loucura – todas obrigadas a enfrentar o medo de voar no quarto escuro.

07
Jul15

Desassossego da Liberdade

Patrícia


A Sofia tevea certeza que havia por aí quem fosse “…umlivro em branco que, afinal, se encontrava cheio de histórias” e vencendoobstáculos (leiam nas palavras dela), conseguiu trazer-nos este livro cheio deliberdade. Tanta gente diferente que se juntou para sonhar este livro queconseguiu proporcionar-me bons momentos.

Também paramim é difícil falar destes contos, conheço-lhes a voz e os sorrisos e opinarapenas pelas palavras torna-se redutor e impossível.

Não vos digoque gostei de igual forma de todos os contos mas gostei de muitos, quase todos.E alguns vou reler muitas vezes, vou deixar-me desassossegar vezes sem conta,num “somatório de pequenos instantes que,de tão pequenos, se parecem o mesmo”.

Claro quesinto um carinho muito especial, um orgulho imenso ao ler as páginas do “Tempovazio” da Márcia. É sempre bom ver sonhos tornados realidade, é sempre bom vero orgulho e a coragem estampados na face de uma amiga. E dá vontade dizer queum dia hei-de procurar entre os meus livros, revirar e desarrumar tudo. E vê-lo-eiaparecer. O teu livro. Com o teu nome da capa.

A todos, semexceção, os meus Parabéns. Sinceramente, gostei J