Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ler por aí

Ler por aí

03
Mai11

Não podia deixar de divulgar isto...

Patrícia
Em tempos escrevi um post sobre o livro "3 Chávenas de chá" que conta a história de Greg Mortenson um alpinista que se tornou angariador de dinheiro e construtor de escolas no Afeganistão e Paquistão. Fiquei fascinada com esta história. Ofereci o livro a algumas pessoas (foi o meu modo de contribuir para uma causa em que acreditei no primeiro momento) e divulguei a iniciativa por quem conhecia.
Soube agora que até o Obama lhe deu parte do que ganhou com o Nobel da Paz. E soube também que ele foi entrevistado pelo programa "60 minutes" onde lhe fizeram uma série de perguntas sobre a veracidade de algumas das histórias do livro e também sobre o destino do dinheiro que lhe foi entregue. Aparentemente o senhor não é assim tão porreiro e quis mesmo foi vender livros e ganhar dinheiro.
Confesso, fiquei triste. Cada vez mais me convenço que dar dinheiro ou contribuir de alguma forma para associações não é de todo uma boa ideia. Mais vale dar dinheiro ou alguma coisa a um sem-abrigo directamente do que confiar em quem quer que seja.
05
Nov09

Três Chavenas de Chá, de D. O. Relin, Greg Mortenson

Patrícia


sinopse:

Em 1993, um alpinista chamado Greg Mortenson foi parar a uma aldeia pobre do Paquistão nas montanhas do Caracórum depois de uma tentativa falhada de chegar ao K2, a montanha mais difícil de escalar em todo o mundo. Sensibilizado com a bondade dos habitantes que o acolhem e lhe sararam as feridas, prometeu regressar e construir uma escola. Três Chávenas de Chá é a história dessa promessa que se tornou numa das campanhas humanitárias mais notáveis dos nossos dias. 
Durante a década seguinte, Mortenson construiu não apenas uma, mas cinquenta e cinco escolas - especialmente para raparigas - no terreno proibitivo que deu origem aos talibãs e que serve de refúgio para a Al-Qaeda. A sua história é simultaneamente uma aventura empolgante e um testemunho do poder do espírito humanitário, mostrando o que uma pessoa dedicada e verdadeiramente apaixonada pode fazer no mundo.



Um livro marcante que achei fantástico. Confesso que não conhecia a história deste homem, do Dr. Greg que ,se fez tudo (bem, chegava metade) o que se diz no livro que fez, merece o Prémio Nobel da Paz. Uma história de coragem, humanidade, coragem e esperança. Greg Mortenson é brlhante. 
Para ler, reler e oferecer aos amigos. 
O livro é especial pela mensagem, pela história. Lê-se bem, tem uma escrita fácil, simples, que nos faz concentrar apenas na história que conta. 
Este livro envergonha-me pela minha falta de capacidade/vontade de agir. Não é que teoricamente não tenha vontade de ajudar, de agir em prol da paz, mas a verdade é que nunca me senti realmente tentada a deixar a minha vida fácil pela tarefa de ajudar os outros. Podia dizer que me faltam as condições económicas para tal, mas este homem até esse argumento nos tira. É verdade que teve "sorte" a conseguiu ajuda, mas para  isso esforçou-se até ao limite. 
Fantástico!