Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ler por aí

Ler por aí

27
Abr14

Livre - Cheryl Strayed

Catarina
Adoro viajar, adoro ler sobre viagens, adoro caminhadas, adorei este livro mas não foi um amor à primeira vista porque a Cheryl começou por me enervar à séria. Quem é que vai fazer uma caminhada de centenas de Km com umas botas novas?! (nem vou falar do facto de não terem o tamanho certo…) E quem vai fazer uma caminhada com uma mochila que nem consegue levantar do chão?! E quem é que leva um fogão com o combustível errado?! E quem é que leva uma cadeira mas só leva 2 pares de meias e um já vai calçado?!
Depois percebi … este livro não é um manual de caminhada nem esta é uma história sobre viajar, pelo menos não no sentido literal. Devia ter percebido isso logo quando se vê que tem um comentário da Oprah na capa do livro mas, distraí-me com a foto das botas.
A autora é brutalíssima quando descreve a sua caminhada física pelo PCT – Pacif Crest Trail e quando descreve a sua viagem interior. Quando fala sobre a mãe que morreu de cancro aos 40 e poucos anos e de como o resto da família, e ela própria, se desintegrou quando isso aconteceu. E como os seus pés também quase se desintegraram na caminhada e foi perdendo unhas pelo caminho. 
Também é brutal a forma como descreve que dormiu com homens que mal conhecia e experimentou heroína e se divorciou do marido de quem ainda gostava, e que gostava dela, mas que não a podia ajudar porque ela estava para além de qualquer ajuda naquela altura.
Dolorosa é a forma como nos conta que tiveram de abater a égua Lady, já com 31 anos que tinha pertencido à mãe e que, quando esta morreu, ficou sem ninguém para tomar conta dela.
No entanto embora a autora seja crua quando conta a sua história não é amarga e nota-se que reconhece que o PCT – Pacif Crest Trail foi seu “amigo” dando-lhe a oportunidade de conhecer boas pessoas passar por alguns dos locais mais bonitos do continente norte americano e eventualmente atingir o seu objectivo tanto físico, chegar à Ponte dos Deuses, como espiritual, aceitar que a Vida com tudo o que tem de bom e de mau é extraordinária.
Vou só acrescentar que no fim do livro a autora tem uma lista dos “livros queimados no PCT” e que no fim esta história conquistou-me completamente.

Pesquisar

email

ler.por.ai@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A ler:

A ouvir

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Mais sobre mim

Em destaque no SAPO Blogs
pub