Ler por aí
 
07 de Março de 2018

Já sabem que sou fã do Biblioteca de Bolso e que é, sempre, um dos podcast que sugiro aos leitores. Ainda assim não é por acaso que hoje a sugestão é esta.

Amanhã assinala-se o Dia Internacional da Mulher, um dia que não pretende celebrar o ser-se mulher, o sexo feminino ou maravilha que é parir, ter mamocas ou usar batom. Não é, da mesma forma, o dia certo para me oferecerem uma rosa. Eu adoro receber flores... excepto neste dia. 

O dia Internacional da Mulher é um dia triste. É um dia que é, infelizmente, necessário porque a MGF ainda é uma realidade, porque ainda há meninas que, por terem nascido com vagina, não podem ir à escola, não têm direitos, não são donas do seu próprio corpo ou da sua vontade. 

O dia Internacional da Mulher é um dia triste. Confesso-vos que, para mim, é um dia cada vez mais triste porque a cada ano que passa percebo melhor a sua necessidade.

Vivemos numa época em que se fala cada vez mais, mas não melhor, acerca de feminismo. Numa época em que se diz, com orgulho, que não se é feminista. Vivemos numa época em que se inventou um palavrão pegando nas palavras "feminista" e "nazi". Vivemos numa época em que a regressão da sociedade parece estar a acontecer e ser imparável. 

Na Literatura há cada vez mais mulheres. A esmagadora maioria dos leitores são mulheres. Mas ainda se fala de "literatura feminina" como um género. E um género menor ainda por cima. Não sei o que é literatura feminina (ou vou fingir que não sei a que se referem) e vou dizer-vos que se literatura feminina é o que as mulheres lêem, então eu gosto literatura feminina. E que se literatura feminina é o que as mulheres escrevem... então devo assumir que sou absolutamente fã de literatura feminina. 

Este episódio da Biblioteca de Bolso tem muitas mulheres de talento. Tem a Inês Bernardo (que juntamente com o Mário Silva teve a ideia e conduz estas conversas), tem a Filipa Leal, a Sylvia Plath, a Adília Lopes e a Clarice Lispector. Tantas mulheres interessantes que ajudam a dar páginas e voz à literatura feminina.

 

 

publicado por Patrícia às 07:00 link do post
Ah como eu amo a Clarice...Antes de decidir ler mais autoras (o ano passado foram só quase mulheres) nem fazia ideia que havia tantas e a escrever tão maravilhosamente...Foi como se todo um novo mundo se abrisse
Sara a 7 de Março de 2018 às 13:35
Este ainda não ouvi. Tenho que ouvir 😊
Isaura Pereira a 24 de Março de 2018 às 18:13
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

ana margarida de carvalho

ana saragoça

anne bishop

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cosmere

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elantris

elena ferrante

feira do livro

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mistborn

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

oathbringer

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

pot-pourri de assuntos

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

sugestões à quarta

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

virginia woolf

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO