Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

06
Jun18

O Blog, as Leituras e a Feira

Patrícia

O blog O Sapo andava a avisar-me há semanas (talvez meses) que o template do blog no telemóvel não funcionava lá muito bem e eu andei, obviamente, a ignorá-lo (se nunca ninguém tinha reclamado não havia de ser assim tão mau). Mas confesso, andava farta de ver o aviso de cada vez que cá vinha. Juntando a isso o facto de já estar farta do template antigo (a verdade é que templates muito escuros não me agradam por aí além) resolvi mudar um bocadinho. E a verdade é que gostei do resultado - pelo menos na versão fora do telemóvel porque nessa só se vê as patinhas do ZéGato e não o livro da maravilhosa Virginia Woolf. Vai ficar assim uns tempos, depois ver-se-á.

 

As leituras Ando a reler o The Well of Ascencion (em versão ebook e audiobook) e estou a gostar tanto ou mais que da primeira leitura. Estou absolutamente fã de audiobooks, principalmente para releituras e quando tenho o ebook ou o livro para complementar. Basicamente quando estou no carro limito-me a ouvir, quando tenho oportunidade leio e oiço ao mesmo tempo. Para além de gostar de ouvir o que estou a ler (funciona porque é em inglês) dá para perceber como se escrevem os nomes e as palavras inventadas. 

Reler um livro sempre foi, para mim, um regresso a casa. Para quem anda, como eu, a mergulhar em Cosmere, o mundo inventado de Brandon Sanderson, regressar a Scadrial, já com algum conhecimento, é quase como ler a história pela primeira vez, é ter a oportunidade de reparar em pormenores que antes me tinham passado ao lado, é não ter a distracção da acção e conseguir analisar personalidades, acontecimentos, é ter a oportunidade de reflectir. 

A leitura do "A ronda da noite" continua parada. Não vale a pena, ler dois livros ao mesmo tempo não é para mim. Não funciona e o livro é demasiado bom para o "estragar" lendo-o sem lhe dar a devida atenção. Está ali parado à espera de melhores dias. 

A feira Bem, a feira não tem estado a correr exactamente como eu planeava. Só lá fui uma vez e só fiz a ronda dos alfarrabistas (e trouxe para casa o livro "este é o meu corpo" da Filipa Melo).Falhei, com grande pena minha, um encontro de pessoal dos livros que tinha curiosidade em conhecer e alguns eventos a que gostava de ter assistido. Espero conseguir ir a pelo menos uma Hora H e talvez a uma sessão de autógrafos. 

 

E vocês? O que andam a ler, ouvir? O que recomendam?

 

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Paula 09.06.2018

    Não sei o que faz ali aquela frase depois do meu nome. Deve ser um lapso freudiano. :-)
  • Imagem de perfil

    Patrícia 10.06.2018

    ahaha. Como correu essa ida aos alfarrabistas? Perdeste-te?
    Agora ainda fiquei com mais curiosidade. Depois venho cá contar se gostei ou não.
    A Ana Teresa Pereira é uma das autoras muito acarinhadas na roda. Mas espero que gostes mais do que eu, que li um livro dela e não fiquei assim tão fã. A Cristina Carvalho não faço ideia de que seja.
    Beijinhos
  • Sem imagem de perfil

    Paula 15.06.2018

    Perdi-me um pouco, mas depois encontrei logo o meu rumo, quando puxei da lista dos meus filhos. É muito engraçado ter filhos que lêem até que tens de comprar livros para três pessoas. Aí pensas: "Por que seguem o meu exemplo? Porquê?"  Ah! Ah!
    Paula
  • Imagem de perfil

    Patrícia 18.06.2018

    Oh Paula, 
    Os pais são todos iguais (os bons claro): viciam-nos na leitura, depois reclamam só porque estamos constantemente a pedir livros :)
    Sem o saberes fizeste-me recordar com muita saudade (e uma ou outra lágrima, confesso) algumas situações da minha infância. 
    um beijinho
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.