Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

25
Dez21

do ano dos livros ou dos livros do ano

Patrícia

Agora, que metade dos leitores deste mundo está a admirar as pilhas de livros que recebeu e a outra metade (eu incluída) está a planear a vingança de não ter recebido livros, é altura de balanços. 

Por aqui não haverá, como de costume, muita coisa a dizer. Não haverá Tops de preferidos nem de desilusões, não haverá escalas de melhores ou piores. Não o costumo fazer e este não será o ano de mudar essa tradição.

O mais que posso dizer é que este foi um ano de poucas leituras. Li alguns bons livros, que me ficarão na memória por muito tempo, mas foram os policiais que fizeram os números desde ano não serem tão miseravelmente baixos quanto seriam caso reflectissem, efectivamente, o meu ano de leituras. 

Os policiais, não sendo o meu género favorito de livro, têm o dom de me ajudar a distrair e de me fazer ler compulsivamente como se não houvesse amanhã. Assim, quando não quero pensar no que o amanhã me trará pego num policial. E a verdade é que ver a quantidade de livros deste género que li este ano me demonstrou (quase como se não o tivesse vivido) o quão mau foi o meu ano. Enfim, acontece, passemos à frente.

Apesar de não fazer TOPS, tenho que destacar alguns dos livros de escritores portugueses que li.

O Cardeal, do Nuno Nepomuceno, foi uma das primeiras leituras do ano, o que já é uma tradição. É sempre bom voltar a encontrar o Afonso e a Diana. Já vos disse que o último livro da série Afonso Catalão sai já no próximo dia 20 de Janeiro (acho), que já está em pré-venda e que se vai chamar A noiva Judia? Vão lá ao site do Nuno espreitar as novidades e daqui a pouco tempo voltamos a falar sobre isto.

O Apneia, da Tânia Ganho, deixou-me sem fôlego. Que livro, senhores, que livro. De uma tristeza imensa, quase um ano depois ainda me apetece gritar só de pensar nesta história. Que livro.

da meia-noite às seis, da Patrícia Reis foi um dos livros que, por ter ligo e gostado tanto, comprei para oferecer neste natal. Gostei tanto. Um livro que se lê de uma assentada e que, sendo triste, nos deixa de coração cheio. 

Deus  Pátria  Família, do Hugo Gonçalves - pensava que ia encontrar uma distopia, enganei-me mas acabei por gostar bastante deste livro que nos leva a várias épocas e países mas que tem no retrato do estado novo em plena segunda guerra o seu ponto de interesse. Gostei e recomendo. (mas não é uma distopia)

Gente Feita de Terra, da Carla M. Soares. O melhor livro da Carla até agora (pelo menos na minha opinião, acredito que para muito rivalize com O Ano da Dançarina que eu ainda não li). Uma historia de mulheres, de escolhas numa história que a Carla nos conta muito bem. 

 

 

3 comentários

Comentar post

Pesquisar

email

ler.por.ai@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A ler:

A ouvir

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Mais sobre mim

Em destaque no SAPO Blogs
pub