Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

30
Jul19

Como acalmar um neurónio amalucado*

Patrícia

Sabem aquelas alturas em que o cansaço é grande, têm finalmente tempo para dormir (uma das melhores coisas do mundo)  mas os vossos neurónios estão em modo "piolho nervoso" e precisam de algum trabalho ou entram em ressaca com sintomas de abstinência? (juro que isto me acontece regularmente)

As melhores formas de desabituar os neurónios e lentamente os levar a ter um comportamento normal em vez de um comportamento de excitação exagerada são ler e ver TV. 

É nessas alturas que leio livros "pastilha elástica" e vejo ou revejo séries de TV como se não houvesse amanhã.

Escolher um livro para estas alturas é bastante mais difícil e complicado do que um não-leitor poderia pensar.

Por um lado não pode ser um livro muito exigente - nada de Virginia Woolf ou Gonçalo M. Tavares (nenhum deles ajuda os neurónios a acalmar, geralmente o efeito é o contrários e eles - os neurónios - entram em modo "viciados em trabalho"). Também não pode ser um livro muito básico ou mauzinho -nada de YA manhosos ou livros juvenis (porque aí os neurónios sentem-se enganados e entram em modo vingativo combinado com sintomas de abstinência e isso é perigoso). 

Comigo geralmente um (médio/bom) livro de fantasia funciona. Ou um Thriller. Claro que há que ter cuidado porque se o livro de fantasia for mau o resultado não é bonito...  

Com as séries é ligeiramente mais fácil - as más séries de TV sempre tiveram o dom de me ajudar a limpar a cabeça, que é como quem diz, adormecer metade dos meus neurónios.

E vocês, que tipo de livros vos ajuda a descansar?

 

* Ou "eu não estou boa da cabeça mas isto passa"

 

 

 

5 comentários

Comentar post

Pesquisar

email

ler.por.ai@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A ler:

A ouvir

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Mais sobre mim

Em destaque no SAPO Blogs
pub