Ler por aí
 
03 de Junho de 2016

Em conversa com Mamãe depois de chegar da Feira do Livro:

 

Mãe: Então a Feira? Compraste muitos livros?

Eu: Não. O costume. O orçamento para a feira é de 20€ e cumpri. Dois nos alfarrabistas (um Ondjaki e um Harry Potter para acabar a coleção em português) e um novo do escritor que vem conversar com a Roda dos Livros no dia 06 de Junho

Mãe: Ainda me lembro do que gastei da última vez que te levei a uma feira do livro. 

Eu: Ena, eu fiz a minha colecção da Agatha Christie e do Sherlock Holmes nas feiras do Livro...

Mãe: Querias os livros todos. Nessa feira do Livro em Loulé gastei 5 contos em livros para ti.

Eu: Eh, eh, bem bom

Mãe: Dinheiro gasto em livros é sempre um bom investimento.

 

(2 conlusões: a culpa de eu ser viciada em livros é da minha mãe - abençoada seja - e o orçamento que reservo para a feira aos 37 é menor do que o que tinha aos 12 ou 13. Se calhar está na hora de aumentar o orçamentos das feiras...)

 

 

publicado por Patrícia às 14:36 link do post
19 de Abril de 2016

Considerando que o J. faz parte do lado negro da força (os únicos livros que leu na vida foram os do vampiro Valentim, quando era puto e estava de castigo, e o Drácula, de Bram Stoker, para a escola) seguinte conversa deixou-me pasmada e orgulhosa:

Eu – J. devias ler os livros do GoT

J. (sobrinho de 16 anos) – São muito grandes…

P. (marido fofinho e irónico) – o J. vai é ler os livros de “Uma aventura”*…

Eu – Achas? Com a paixão que ele tem por filmes de terror vou-lhe oferecer os contos de Edgar Allan Poe

J. – Oh Patrícia, o que eu queria começar a ler era os livros do Harry Potter….

O orgulho que eu senti, senhores nem imaginam. A pensar que aquele era (literariamente falando) um caso perdido e sai-me esta vontade. Harry Potter a fazer magia tantos anos depois.

 

(obviamente já lhe prometi que lhos empresto todos)

(coisa mai linda da tia que se atira de cabeça para uma maravilhosa aventura de 7 livros)

(* os "Uma aventura" são maravilhosos... mas não para a idade dele, ok?)

publicado por Patrícia às 16:38 link do post
13 de Fevereiro de 2016

(conversa resumida com uma colega que passou para o lado negro da força - há uns anos deixou de ler)

 

Eu: O que fizeste ontem?

Ela: nada de especial. 

Eu: Podias ter aproveitado para ler um livro

Ela: Pois é! Nem me lembrei!

 

(mas quem é que se esquece que pode aproveitar o tempo livro a ler um livro?)

publicado por Patrícia às 10:34 link do post
10 de Fevereiro de 2016

Conversa real com um colega (cujo turno começava às 10h):

 

Colega 08:09:

Bom dia!!! É verdade... já a pé! Olha vou ajudar-vos... pode ser?! Assim sinto-me útil...

Eu 08:09:

bom dia

estás maluco?

Colega 08:09:

Epá... ter filhos é levantar às 6:30 e pronto para a vida... :)

Eu 08:10:

vai ver um filme

ler um livro

e depois queixam-se que não têm tempo e que eu é que sou viciada no trabalho

Colega 08:10:

Ler um livro??? Mas quem é que lê um livro às 8 da manhã?! :)

Eu 08:10:

hummppfff

(eu? tantas vezes)

Colega 08:10:

:)

Pois... só tu... :) Eu não... de manhã nunca... só à noite.

 

Sim, leio de manhã, à tarde ou à noite. Na hora de almoço, nos transportes públicos e em qualquer fila onde esteja parada. E sim, é assim que “tenho tempo” para ler.

publicado por Patrícia às 14:35 link do post
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cosmere

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO