Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Sorte ou talento?


Está agora na moda aauto-publicação. O mundo digital, os ebooks permitem que toda a gente se façaescritor e dê a sua obra a conhecer ao mundo. Cada vez mais há editoras que sãoespecializadas numa espécie de auto-publicação. Na realidade parece-me que háuma primeira edição sem grandes riscos (os aspirantes a autores disso seencarregam) e pouco mais. Há a publicidade no site da editora, imagino que hajaalgum trabalho de edição, mas a verdade é que uns dias depois a editora jápassou para outro escritor.
E isso tem imensas vantagens. Mas pessoalmente vejo-lhe mais desvantagensque vantagens.

Acredito que publicar um livro seja um sonho de muitos. Às vezes há talentoenvolvido outras vezes há apenas uma grande vontade. Eu acho que se é apenas arealização de um sonho façam vocês a edição do livro e ganhem os 100% dareceita da venda e não apenas 10% (sim, implica um investimento grande, semdúvida, mas pelo menos são vocês que mandam. E podem sempre oferecer a amigosque vos podem dar criticas reais e consistentes. Peçam para eles mandarem aosamigos que não vos conhecem de lado nenhum...)
Agora aparecem as inúmeras oportunidades de publicar os ebooks, departilhar com quem queira ser a outra metade, de o fazer gratuitamente. O que éfantástico. Para quem escreve, porque tem uma hipótese real de enfrentar acrítica do público e para quem lê, porque tem uma hipótese de ler gratuitamentee de, quem sabe, descobrir bons escritores desconhecidos.
Masa mim parece-me que a grande oportunidade é das editoras: sem qualquertrabalho, sem qualquer risco, vão descobrir aqueles autores que vendem e vãoagarrá-los com unhas e dentes. Não vai interessar propriamente a qualidade, vãointeressar o número de “gosto” e de downloads. Já não é propriamente novidade.Mas a mim continua a parecer-me batota.

5 comentários

Comentar post