Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Os três casamentos de Camilla S., de Rosa Lobato de Faria


Ler os livros de Rosa Lobato de Faria é sempre um prazer.
Acho que a escritora tinha o talento de simplificar ocomplexo, de nos contar uma história cheia de tudo em meia dúzia de palavrassimples, sem pretensiosismos. Não há palha nos livros dela, não há palavras amais, não há palavras supérfluas e no entanto não fica nada por contar, nãoficam sentimentos para transmitir. Porque este, como outros livros da tiaRosinha que já li, são sentimentos em palavras, são histórias de vidas normais,vidas que podiam ser nossas e que no entanto são excecionais.
As mulheres criadas pela Rosa Lobato de Faria são sempremulheres fortes, especiais. Desta vez é Camilla que aos noventa e tal anosresolve escrever a sua biografia, baseando-se nos diários que manteve ao longodos anos. E assim, ao som das palavras e dos amores de Camilla (uma senhora nãofala de política) atravessamos o sec. XX e conhecemos Camilla, Paca (umapersonagem maravilhosamente misteriosa) a sua ama, os seus três maridos e osseus amores, os amigos e os inimigos. E assim de raspão, temos um vislumbre doPortugal do Séc XX, desde a monarquia à democracia, com um toque muitopequenino de ditadura, que este livro é um livro doce e maravilhoso que fala decoisas importantes e não de detalhes políticos (não se fala de política juntodas senhoras, já vos tinha dito?). Num livro tão pequenino que se lê quase deuma assentada falamos de amor, de desamor, de família, de saudade, de perda, demorte, do que é ser-se mulher numa sociedade que tanto tem mudado mas que emtanto se mantém igual. Fala-se de destino, de sombras e sangue, fala-se deculpa e de redenção, de paixão e da felicidade da serenidade.
Os livros da Rosa Lobato de Faria são deliciosos. E eu, quejá tenho quase todos, vou lendo-os devagarinho, para os fazer durar, e vouguardá-los com o carinho com que guardo uma suave lembrança.

(não consigo gostar ou sequer perceber esta capa, mas é a que tenho....)

6 comentários

Comentar post