Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Os Pássaros de Seda, de Rosa Lobato Faria


Os Pássaros de Seda
de Rosa Lobato de Faria
Edição/reimpressão: 1996
Páginas: 208
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724117584
Colecção: Finisterra

Graças à qualidade eterna do carácter de minha mãe e ao consequente travão que ela pôs à entrada do "progresso" naquela casa, a Pedra Moura guardou para sempre a sua transcendência de lugar mágico.
O reino dos contos de fadas e dos autos de Natal, o mundo dos antigos aromas e sabores, o sítio da infância, o refúgio ideal para nascer e para morrer.
Assim terminam as memórias de Mário, um dos protagonistas de Os Pássaros de Seda, um livro sobre a condição humana, que opõe os valores perenes da infância, do maravilhoso e do amor à precariedade das paixões e dos transes da fortuna.
Um magnífico romance que, depois de O Pranto de Lúcifer, confirma a sua autora como uma presença incontornável no panorama da nova ficção portuguesa.



Mais um livro maravilhoso da Rosa Lobato Faria. Continuo a gostar imenso dos livros desta escritora. São livros pequenos, daqueles óptimos para ler de uma assentada, numa tarde ou num fim-de-semana.
Este livro conta a história de Diamantina. Mário e ela combinam escrever cada um as suas memórias e depois trocar. Mário, fiel a este acordo, escreve um livro com as suas histórias que dá a Diamantina pouco antes de morrer. Mas o livro é mais sobre ela que sobre ele. Afinal e segundo as palavras de Mário “ tu és a minha vida”.
Assim conhecemos uma Diamantina linda e cheia de talento, que com as suas colchas bordadas com pássaros vence na vida, cresce e atinge o sucesso.
Mas o talento na vida profissional não tem paralelo na vida pessoal e Diamantina não tem sorte no amor.
Um livro sobre o amor platónico, sobre as escolhas, a sorte, as consequências. Um livro com personagens muito interessantes e onde as histórias do Tio Zebra são um dos pontos mais interessantes.

1 comentário

Comentar post