Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Os números que venceram os nomes, de Samuel Pimenta


Um título que, no mínimo, chama a atenção. Resolvi ir ao lançamento deste livro só porque sim. Cheguei um bocadinho antes e resolvi começar a lê-lo. Na verdade não sabia nada acerca do livro, foi uma surpresa total. 
Sim, a apresentação foi ontem e já o li.

Um Nove Um Seis (assim mesmo, em palavras, que num livro que tanto fala de números há, curiosamente, uma total ausência de algarismos - excepto na capa, claro), o protagonista deste livro, é um jovem que dá por si encerrado num hospício porque, sem razão aparente, começou a ter visões. Entre as conversas com Treze e Um Quatro Um Seis, há uma pergunta que não cessa de aparecer: Afinal, o que são nomes?

Quase como uma brincadeira, Samuel Pimenta, faz uma exercício de resistência à sociedade atual e com enorme facilidade consegue pôr-nos a pensar e a ponderar nos valores que moldam o nosso presente e na responsabilidade individual na construção do futuro. 

Por um lado acho que esta história só teria a ganhar com mais páginas, com uma construção mais aprofundada dos personagens, desta sociedade estranha mas, por outro lado, gosto deste conto grande, que se lê de um fôlego e que nos apresenta um escritor (25 anos, senhores, 25 anos tem este miúdo) que utiliza o seu talento para gritar a sua revolta.

Gostei e vou certamente continuar a ler o que Samuel escrever só que para a próxima vez as expectativas vão ser bem mais altas... Boas escritas, Samuel :)



2 comentários

Comentar post