Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Os livros das férias...


Tenho estado de férias e as leituras têm sido poucas. Uns jornais e pouco mais. A isso ajudou o facto de ter escolhido para livro de férias o "Arquipélago da insónia" de António Lobo Antunes. Achava eu ter uma grave lacuna enquanto leitora por nunca ter lido nada do senhor. Mudei de opinião. Sim, porque continuo a não ter lido nenhum livro do senhor. Para compensar li 3 vezes o primeiro capítulo e senti-me burra. Não há outra palavra para descrever o que senti ao ler "aquilo".
Tal como o Saramago, António Lobo Antunes parece pertencer ao grupo de escritores autorizados escrever com uma certa liberdade literária. Ao contrário do que acontece com Saramago, é difícil perceber o que este escreve. As frases fazem pausa numa determinada linha para voltar a dar um ar de sua graça no parágrafo seguinte. Ou então desaparecem para sempre (ou eu não consegui encontrar o seguimento).

Acredito, dado o facto deste ser um conceituado escritor, que o problema seja meu. Não faço parte da elite que lê, gosta e, principalmente, percebe os livros do senhor.

Então resolvi ler o Marina, de Carlos Ruiz Zafón. É em espanhol, mas percebo-o muito melhor.

9 comentários

Comentar post