Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

O meu primeiro post


Na realidade, e como disse a Pat, não é bem o meu primeiro post mas não vamos ser picuinhas.
Fica registado que todas e quaisquer parvoíces que aqui escreva são da minha total e completa responsabilidade. Acrescento que é espectacular poder ter uma “casa” onde a nossa parte é equivalente à “gaveta dos talheres fora de formato”, não temos de fazer nada de arrumações ou limpezas, não pagamos renda nem condomínio, mas fazemos parte da mobília. Porque toda a gente sabe (não é plágio, já se dizia antes do Miguel Araújo escrever o resto da letra) que ter um blog dá trabalho, pelo menos um blog de jeito, ter imaginação para o manter de forma a que, pelo menos uma pessoa (a nossa mãe não conta), e de preferência várias, nos queiram vir ler não é fácil e eu nunca tive paciência/disciplina/vontade para o fazer. Mas não podia recusar esta oferta da minha amiga “book lover”, escrever uns bitates num blog que leio e gosto ainda por cima sobre livros: aceitei, claro.
Assim sendo, vou pensar em alguma coisa em termos para o segundo post.

 

1 comentário

Comentar post