Ler por aí
 
13 de Junho de 2012


Depois de ter lido ”No seu mundo” e ter gostado bastante, de ter lido o “Tudo por amor” que não me convenceu resolvi ler este “décimo círculo” que me fez pensar que “No seu mundo” é de facto um livro à parte no universo de livros desta escritora.
Mais um tema forte e com bastante potencial: Uma adolescente é violada pelo ex-namorado. E depois o ex-namorado aparece morto. E as coisas não são bem o que parecem e pronto: temos muitas confusões e uma trama imensa, que não permite aprofundar os temas que poderiam ser mais interessantes.
Trixie é filha de Daniel Stone, um desenhador de BD da Marvel com um passado bastante interessante e de uma professora universitária especialista na Divina Comédia de Dante, com relevo para o Inferno. E é através da passagem pelo inferno que Dante que se conta a passagem pelo inferno de Daniel Stone. Esta parte achei extremamente interessante e bem conseguida. Mas há imensas pontas soltas ao longo do livro (como a história de Seth) e da própria mãe de Trixie (que, apesar de ser uma das mais importantes personagens do livro, passa apenas de leve ao longo da história).
Acho que houve demasiados temas forte no livro: A violação, a relação vitima/criminoso, a traição, os segredos do passado, o amor, a recuperação de um trauma, a justiça, a linha entre o que é ou não é violação, a forma como os adolescentes americanos (quero pensar que por aqui ainda não é assim) vivem a sua sexualidade. Demasiado para um livro que não é assim tão denso e que, tendo todos os ingredientes para contar uma história fantástica e ao mesmo tempo transmitir alguns valores e desmistificar algumas áreas cinzentas que existem nas mentes mais retrógradas (ou nas mais libertinas), acaba por não fazer nada disso e limitar-se a utilizar temas quentes e polémicos para chamar a atenção.
Por tudo isto foi-me penoso ler o livro até ao fim. Parece-me que fico por aqui e que não volto a ler Jodi Picoult.
publicado por Patrícia às 22:34 link do post
Olá
Não desistas da escritora sem antes leres compaixão um dos melhores livros dela, isto a meu ver, claro.
Boa leitura!
Leitora a 14 de Junho de 2012 às 22:47
Olá Leitora :) Welcome
quem sabe um dia... para já não, até porque iria pegar no livro um bocadinho de má-vontade e isso também não seria justo.
Boas leituras
Patrícia a 15 de Junho de 2012 às 23:25
Olá Patrícia,
Espero que dês realmente uma oportunidade a Picoult e que leias este livro, foi a minha estreia com a escritora e até agora não encontrei um igual.
Boas leituras!
Leitora a 16 de Junho de 2012 às 15:05
Olá,

Por acaso estou a ler No Seu Mundo e estou quase a desistir, nunca me tinha acontecido com um livro da Jodi...Bem dizem que há uma primeira vez para tudo. O décimo círculo foi o primeiro livro que li dela, gostei mas não é nada de especial especialmente se comparar-mos com o Para A minha irmã que para mim é o melhor dela. Jodi é uma escritora de altos e baixos: tem livros excelentes e outros que são meh...

cumps
Sara a 6 de Julho de 2012 às 15:51
Olá Sara. é engraçado como duas pessoas têm opiniões tão distintas. :) Eu adorei o "No seu mundo".
Não sei se vais no início ou no meio, mas digo-te que, do que me lembro, o livro é bastante constante. Ou seja eu gostei do princípio ao fim. Se vai mesmo no início aconselho-te a continuar mais um bocadinho.
Mas a mim o tema interessou bastante. o que gostei mais foi mesmo ter esse contacto com o síndrome de Asperger.
Boas leituras
Patrícia a 6 de Julho de 2012 às 17:14
Vou para aí na página 200...O que eu não estou a gostar precisamente é do retrato que a autora faz da síndrome: tem imensas incorreções, coisa que me irrita pois passa uma falsa ideia do que ser Asperger. Alguma coisa deve ter falhado na pesquisa porque ela (a autora) mistura coisas incríveis como síndrome de Asperger e psicopatia. É uma falha muito notória para quem contacto de perto com a síndrome. Mas pronto, vou tentar continuar...
Sara a 6 de Julho de 2012 às 17:28
Bem eu só conheço o Sindrome de Asperger de ouvir falar e gostei precisamente porque aprendi (ou talvez não) sobre a doença. Mas não me parece que ela misture Asperger com psicopatia, mas teria que falar do final do livro para explicar o porquê.
Se decidires acabar depois dás-me a tua opinião?
E se for negativa vou ficar muito desiludida (com a autora, claro). É como quando oiço reportagem sobre coisa que realmente domino: têm tantos erros que deixo de acreditar no resto.
Patrícia a 6 de Julho de 2012 às 17:37
Eu já dei uma espreitadela ao fim, não resisti...Para mim só o facto de estarem as duas palavras na mesma frase me incomoda, mas pronto quando chegar é esta parte logo verei. Quando acabar hei-de fazer uma "crítica" mais composta, estas foram as primeiras impressões pode ser que melhore :) Mas não sou nem de perto nem de longe uma especialista na questão...
Sara a 6 de Julho de 2012 às 18:34
Olá de novo :)

Sempre consegui terminar o livro, mas a minha opinião não se alterou embora também tenha encontrado alguns aspectos positivos. Vamos lá ver se tenho mais sorte com o próximo livro dela que ler...Como tinha pedido a minha opinião deixou aqui o link onde publiquei http://desabafosagridoces.blogs.sapo.pt/80035.html

cumps e boas leituras
Sara a 12 de Julho de 2012 às 02:33
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

antónio lobo antunes

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO