Ler por aí
 
18 de Abril de 2011


O seu filho não consegue olhá-la nos olhos.

Será culpado?
Jacob Hunter é um adolescente: brilhante a Matemática, sentido de humor aguçado, extraordinariamente bem organizado, incapaz de seguir as regras sociais. Jacob tem síndrome de Asperger. Está preso no seu próprio mundo – consciente do mundo exterior e querendo relacionar-se com ele. Jacob tenta ser um rapaz como os outros mas não sabe como o conseguir.
Quando o seu tutor é encontrado morto, todos os sinais típicos da síndrome de Asperger – não olhar as pessoas nos olhos, movimentos descontrolados, acções inapropriadas – são identificados pela Polícia como sinais de culpa. E a mãe de Jacob tem de fazer a si própria a pergunta mais difícil do mundo: será o seu filho capaz de matar?



Foi o primeiro livro desta escritora que li e fi-lo sem grandes expectativas. Não sei bem porquê mas achava que este livros seriam um bocadinho lamechas demais para o meu gosto mas o tema interessou-me e resolvi oferece-lo à minha mãe no Natal. Agora foi a minha vez de o ler.
A história anda à volta de um personagem com síndrome de Asperger, uma espécie de autismo funcional. Jacob tem 18 anos, um QI acima da média, um humor diferente e todas as peculiaridades características desta doença. Emma, a mãe de Jacob vive para ele. É uma espécie de super-mãe com todas as dúvidas inerentes à realidade em que vive. Theo, o irmão mais novo de Jacob que não só tem que fazer de irmão mais velho como tem que dividir a mãe com o irmão, “perdeu” o pai devido à doença do irmão e tem que viver com o estigma de ser o “irmão do miúdo esquisito”. Oliver, o advogado que já foi ferrador e que aceita defender o Jacob de uma acusação de homicídio. Rich, o policia que prende Jacob.
O livro divide-se em capítulos “escritos” por cada um destes personagens e assim apercebemo-nos das várias perspectivas. É especialmente interessante a parte relativa a Jacob. Não sei como pensa alguém que tem síndrome de Asperger, mas a explicação da doença dada pelo próprio e a lógica do seu pensamento é completamente diferente da nossa e isso fica muito bem marcado no livro.
Enquanto procurava a sinopse do livro descobri que o titulo original é House Rules o que tem muito mais a ver com este livro que o “nosso” “No seu mundo”. Porque Jacob esforça-se imenso por continuar no nosso mundo. Só que a sua forma de viver é diferente da nossa. A dele é acima de tudo literal. Jacob não percebe as subtilezas da linguagem: Se a mãe lhe diz que demora 10 minutos, aos 11 ele acha que ela morreu e aos 12 está a ter uma crise. As regras são para cumprir. Custe o que custar.

Gostei imenso do livro. Ri nalgumas partes e quase chorei noutras. Não é o melhor livro que já li na vida, não é nenhum livro do TOP 10, mas é daquele género de livro que nos faz ficar viciados até chegar à última página.
publicado por Patrícia às 12:59 link do post
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

antónio lobo antunes

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO