Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Não há tantos homens ricos como mulheres bonitas que os mereçam, de Helena Vasconcelos

Vocês sabem que não faço publicidade nem divulgações por aqui a não ser em ocasiões muito especiais. 

Desta vez a divulgação não tem a ver com conhecer o escritor ou ter com ele/a alguma relação. Aliás, só "conheci" a escritora Helena Vasconcelos quando a ouvi no Pessoal e Transmissível  (mais um dos meus podcast de eleição).

Hoje, nos destaques do SAPO encontrei, num post do blog da Quetzal o texto de Anabela Mota Ribeiro no lançamento do livro 'Não Há Tantos Homens Ricos como Mulheres Bonitas Que os Mereçam':

Assim que comecei a ler este livro senti que ele era uma carta de amor à literatura, e também uma carta de amor a Jane Austen. Uma carta de amor é uma celebração e uma forma de prestar tributo ao outro, de dizer ao outro que se ama que os nossos dias não seriam os mesmos sem ele ou ela ou aquilo. Que a teia de encontros que a vida sempre é se alimenta muito particularmente daquele encontro.

Quero muito ler este livro (e este título? Fabuloso:) )

frenteK_nao_ha_homens_ricos.jpg

 

1 comentário

Comentar post