Ler por aí
 
02 de Maio de 2017

Acho que todos vocês já sabem que sou mega fã do podcast Biblioteca de Bolso. As minhas terças-feiras começam quase sempre a ouvir o episódio da semana enquanto vou para o trabalho. Hoje não foi excepção. Saber que a convidada era a Patrícia Reis aumentou as expectativas. Por um lado já tive a oportunidade de estar numa sessão de uma comunidade de leitores com ela e, por outro, estou a ler um livro dela (O Silêncio de Deus). 

E devo dizer-vos que este episódio tornou-se rapidamente um dos meus favoritos de sempre. 

E gostava muito de vos pedir que o ouvissem. Gostava mesmo. Espero que oiçam e que o partilhem. Ouvir a Patrícia Reis a falar de mulheres como a Agustina Bessa-Luís ou a Maria Teresa Horta deixa-me tão orgulhosa quanto envergonhada. Orgulhosa, porque acho a postura da Patrícia Reis brilhante, a mulher não tem qualquer problema em chamar os bois pelos nomes e é uma lutadora que merece admiração. Envergonhada porque deixei que a leitura obrigatória da Sibilia me afastasse dos livros da Agustina e isso é imperdoável. Tal como é nunca ter livro Maria Teresa Horta. Mas deixo aqui a promessa de colmatar estas falhas muito em breve.

E se pensam que tenho algum interessa em divulgar (tantas vezes) a Biblioteca de Bolso, enganam-se. Não conheço nenhum dos envolvidos neste projecto, não conheço a escritora, nenhum deles me conhece ou me pediu o que quer que seja. 

Oiçam e depois partilhem, se acharem que o merece. 

 

 

publicado por Patrícia às 20:48 link do post
Adorei! Obrigada pela recomendação.
Primeiro ela ama Henry James, o que é maravilhoso. Li uma novela dele e fiquei apaixonada pelo poder da escrita do autor. Tenho realmente de ler mais.
Em relação à discussão que ela traz sobre a "escrita no feminino" é interessante, já tinha visto uma discussão do género por parte de outra escritora num jornal. Adorei quando falou na Agustina e na Maria Teresa. Preciso de ler!
Cláudia Oliveira a 3 de Maio de 2017 às 10:06
Agora lembrei-me de outro direito do leitor: não gostar ou não ter interesse em ler autores e livros importantes que até podem vir de encontro aos seus ideais. Ou seja, eu que leio maioritariamente livros de mulheres tenho os meus limites quando o estilo não me agrada. Há uns 15 dias, vi o "Vale Abraão" e apesar de ser uma adaptação cinematográfica e não o original, é intragável. E o que comecei a ler da Maria Teresa Horta também não me agradou. Mas gostei do "Silêncio de Deus" e vou ouvir o podcast assim que puder. Já não ouço desde a Cristina Ovídio, que me irritou um bocadinho.
Paula
Paula a 3 de Maio de 2017 às 12:05
Ainda no outro dia estava a falar com um colega de trabalho que, olhando para o meu blog, viu que eu tinha lido A Sibila, e disse exactamente o mesmo: leitura obrigatória, odiou. Gostei - mas lá está, li numa idade na qual quiçá esteja mais apta para o apreciar.
Já tive a oportunidade de conviver com Maria Teresa Horta, e de a ouvir em palestras, mais que uma vez (frequentamos um mesmo círculo). Mulher fantástica que, vergonhosamente, nunca li.
Bárbara Ferreira a 3 de Maio de 2017 às 22:01
Não conhecia e parece ser bem interessante.
Bjs
edite a 4 de Maio de 2017 às 09:53
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

antónio lobo antunes

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO