Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ler por aí

Ler por aí

Curtas 2017 #30 : Ginjinha em copo de chocolate

A imagem mais forte que retenho da feira do ano passado foi a de uma mulher sentada numa mesa. Sozinha. 

Era fácil perceber que era escritora e fácil imaginar que não estaria ali por vontade própria. Eu pelo menos não estaria. Sozinha. Numa montra. Sozinha mas em versão mau. Eu gosto de me sentar sozinha numa mesa da feira a ler um livro, a ver quem passa. Mas eu posso escolher, a qualquer momento, levantar-me e ir embora. 

Ela estava sozinha, com um ar infeliz de cão abandonado. Quem olhava para ela percebia que era escritora, lia o nome numa placa e seguia em frente, sem parar.

Sozinha. Identificável. 

Confesso que senti pena. Não parei para falar com ela porque senti pena e não tinha nada para lhe dizer. 

Olhei para ela e aposto que ela se sentia como uma atracção da feira e das que ninguém gosta. 

Nesse dia não não gostei da feira.

Uns dias mais tarde e por causa daquela imagem, entrei numa livraria e comprei o livro dela. Um dia falo dele aqui.

 

Já vos disse que sempre que vou à feira bebo ginjinha em copo de chocolate?

 

DSC04439.JPG

 

 

 

2 comentários

Comentar post