Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ler por aí

Ler por aí

A voz, de Anne Bishop

Um conto, em forma de livro de bolso. Gostei. Não será AnneBishop no seu melhor, mas é uma história interessante.
Uma nota de esperança no meio da negritude de que o serhumano é capaz. A importância que tem uma voz discordante. Uma história queilustra bastante bem o quão perigoso é não pensar, não ter opinião. E mostra opior lado das dinâmicas de grupo, dos procedimentos instituídos. 
 
Quando comprei este livro (6 euros, pois tive 20% dedesconto) já sabia que era pequenino. Só não sabia que para além de serpequeníssimo ainda incluía uma parte de um outro livro.
Ora isto não é novidade. Acontece em imensos livros. E eu,que olho para a quantidade de páginas que ainda me falta para acabar o livro,sou muitas vezes apanhada de surpresa dcom o final (e raramente estou preparadapara o fim). Confesso que me sento sempre um bocadinho roubada e que nunca leioessas páginas, nem compro livros com base nessas páginas.