Ler por aí
 
03 de Junho de 2010


A Ilha debaixo do Mar
de Isabel Allende
Edição/reimpressão: 2009Páginas: 512
Editor: Caracter Editora
ISBN: 9789896810009

Para quem era uma escrava na Saint-Domingue dos finais do século XVIII, Zarité tinha tido uma boa estrela: aos nove anos foi vendida a Toulouse Valmorain, um rico fazendeiro, mas não conheceu nem o esgotamento das plantações de cana, nem a asfixia e o sofrimento dos moinhos, porque foi sempre uma escrava doméstica. A sua bondade natural, força de espírito e noção de honra permitiram-lhe partilhar os segredos e a espiritualidade que ajudavam os seus, os escravos, a sobreviver, e a conhecer as misérias dos amos, os brancos. Zarité converteu-se no centro de um microcosmos que era um reflexo do mundo da colónia: o amo Valmorain, a sua frágil esposa espanhola e o seu sensível filho Maurice, o sábio Parmentier, o militar Relais e a cortesã mulata Violette, Tante Rose, a curandeira, Gambo, o galante escravo rebelde… e outras personagens de uma cruel conflagração que acabaria por arrasar a sua terra e atirá-los para longe dela. Quando foi levada pelo seu amo para Nova Orleães, Zarité iniciou uma nova etapa onde alcançaria a sua maior aspiração: a liberdade. Para lá da dor e do amor, da submissão e da independência, dos seus desejos e os que lhe tinham imposto ao longo da sua vida, Zarité podia contemplá-la com serenidade e concluir que tinha tido uma boa estrela

Que sou fã da Isabel Allende não é novidade para ninguém. Por isso também não é surpreendente que considere este mais um livro a não perder.

Teté (Zarité) nasce escrava e teima em não morrer apesar de todos os esforços de sua mãe para que isso aconteça. Uma mulher escrava e mãe prefere não deixar que os seus filhos nasçam para uma vida de escravidão.

Isabel Allende é uma das poucas escritoras com a capacidade de nos contar uma história de escravidão, de sangue e lágrimas, uma história tristíssima com extrema doçura. Teté é um misto de força e bondade, de coragem e lealdade. Submissa e orgulhosa conta-nos uma história de sangue, suor e lágrimas que nos levam desde os campos da cana-de-açúcar no Haiti até Nova Orleães, da escravidão até à liberdade. O preço da liberdade é, para muitos, demasiado alto. Num mundo em que a cor da pele define o ser gente ou coisa, em que o pedaço de papel faz toda a diferença, onde nem todos têm alma e em que a crueldade é habitual a lealdade paga-se com traição.

Um livro a não perder cheio de personagens interessantes que enchem de cor e alegria uma história triste.


publicado por Patrícia às 13:23 link do post
Comprei-o este Natal, ainda bem que dás uma boa crítica do mesmo! Neste momento estou a ler A cor do céu de James Runcie e estou a gostar muito! É este: http://tea-and-literature.blogs.sapo.pt/27326.html

Beijinhos!
Andorinha a 3 de Junho de 2010 às 14:06
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

antónio lobo antunes

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO