Ler por aí
 
24 de Fevereiro de 2010


Se, há uma semana atrás, me perguntassem quem era a Rosa Lobato Faria responderia, sem precisar pensar muito: "é uma escritora Portuguesa, actriz, escreveu umas canções, umas novelas, séries de televisão, enfim, uma mulher que fez de tudo um pouco, Infelizmente morreu há pouco tempo". Mas se me perguntassem o que escreveu ela, que livros escreveu ela, não saberia responder. 
Nunca tinha lido nada desta escritora portuguesa até esta semana. Nunca tinha procurado nenhum livro dela numa das livrarias em que entro regularmente. Por falta de interesse ou até mesmo por preconceito, nunca tinha lido nada dela.
Mas este menino ofereceu-me, nos meus 31 aninhos, o livro "As esquinas do tempo". Resolvi começar a lê-lo logo (podem cuscar a minha opinião sobre ele aqui) e fiquei maravilhavada e envergonhada. Maravilhada porque o livro é perfeito. Envergonhada porque foi preciso a mulher morrer e alguém me oferecer um livro dela para que percebesse o talento que ali estava e o que tenho andado a perder.
Já prometi a mim mesma ir à procura dos outros livros desta escritora e lê-los de fio a pavio. 
Sem querer fazer comparações, mas para vos dar uma ideia, à medida que lia o livro, lembrava-me de Oscar Wilde e do seu "O retrato de Dorian Gray".
publicado por Patrícia às 23:55 link do post
23 de Fevereiro de 2010

"Quando Margarida chegou à Casa da Azenha teve aquela sensação, não desconhecida mas sempre inquietante, de já ter estado ali."

Margarida é uma jovem professora de Matemática. Um dia vai a Vila Real proferir uma palestra e fica hospedada num turismo de habitação, casa antiga muitíssimo bem conservada e onde, no seu quarto, está dependurado o retrato a óleo de um homem que se parece muito com Miguel, a sua recente paixão.
Por um inexplicável mistério, na manhã seguinte Margarida acorda cem anos atrás, no seio da sua antiga família.
Sem perder consciência de quem é, ela odeia esta partida do tempo. Mas aos poucos vai-se adaptando. Conhece o homem do quadro e apaixona-se por ele. Quando ele morre num acidente, Margarida regressa ao presente.

Romance simultaneamente poético e fantástico, As Esquinas do Tempo é mais uma prova do indesmentível talento literário de Rosa Lobato de Faria.

Fiquei rendida a este livro logo no início. Com uma escrita ligeira e fácil, Rosa Lobato Faria conta-nos a história de uma família. Margarida Saldanha, oriunda do séc XXI vai até 1908 substituir Margarida Mendonça, sua bisavó, que por sua vez passa uns meses num convento perseguida pelo Marquês de Pombal em pessoa! Margarida, a do sec. XXI, habituada à tecnologia, à liberdade e à igualdade, vai ter uma experiência diferente no inicio do sec XX. Lá conhecemos Madalena e Mariana, as suas irmãs, Inácio (um pintou meio alucinado,) Diogo (um homem macabro) e Miguel. Miguel é a fotocópia de um outro Miguel, amante de Margarida na Lisboa do Sec. XXI e de Miguel, pretendente de Margarida no convento de Chelas. Confuso? Nem por isso... é que o livro está maravilhosamente escrito.

publicado por Patrícia às 16:03 link do post
23 de Fevereiro de 2010








THE MAGICIANS' GUILD
Book I of The Black Magician Trilogy


The old magician paused. 'If this young woman is a natural, we should expect her to be more powerful than our average novice, possibly even more powerful than the average magician.'
Each year, the magicians of Imardin gather together to purge the city streets of vagrants and miscreants. Masters of the disciplines of magic, they know that no ordinary lowlife can oppose them. But their protective shield is not as imprenetrable as they think.
Sonea, angry, frustrated and outraged by the treatment of her family and friends, throws a stone at the shield, putting all her rage behind it. She is amazed when it sails unrestricted through the barrier and knocks a magician unconscious.
The Guild's worst fear has been realised . there is an untrained magician loose in Imardin who must be found before her uncontrolled powers can destroy herself and the city.

THE NOVICE
Book II of The Black Magician Trilogy


'The most important attribute of a magician is knowledge . Without it his strength is useless.' The magician's eyes flickered to Sonea, 'Even if his powers surface of their own accord, he will soon be dead if he does not gain the knowledge of how to control them.
Sonea knows the other novices in the Magicians' Guild all come from powerful families, but she also knows she can turn to Rothen and Dannyl for help when she needs it. That is, until somone starts spreading malicious rumouts about her — and Akkarin, The High Lord, steps in.
Promoted to Guild Ambassador, Lord Dannyl leaves for the Elyne court. His first order from Administrator Lorlen is to resume, in secret, High Lord Akkarin's long-abandoned research into ancient magical knowledge. Not knowing the true reason for his journey, Dannyl is soon facing unexpected dangers.
Meanwhile, Sonea has almost forgotten the High Lord's dark secret, but keeping the truth hidden may be a grave mistake.

THE HIGH LORD
Book III of The Black Magician Trilogy

'Why are you showing me these books?' Akkarin's eyes bored into her own, and she looked away. 'You want to know the truth,' he said. He was right. Part of her wanted to ignore the books. But she did want to know.
Sonea has learnt much in the Magicians' Guild. Over the past year, Regin has come to ignore her and the other novices treat her with a grudging respect. But she can never forget what she witnessed in High Lord Akkarin's underground room, or his warning that Kyralia's ancient enemy is watching the Guild closely.
Her old friend Cery now has an influencial position among the Thieves, and good connections in high and low places. When an exotic stranger offers to help him with a secret task, Cery knows he should refuse, but then . . .
As Akkarin reveals more of his knowledge, Sonea does not know who to believe, or what she most fears. Could the truth be as terrifying as the High Lord claims? Or is he trying to trick her into assisting him with his dark schemes?


Assim que "A Guilda dos mágicos" foi editada fiquei interessada em ler este livro. Optei pela versão em inglês pelo preço (11€ cada vs os 19€ que o primeiro volume da triologia custa), por o livro ser originalmente em inglês e por poder ler os três livros de uma só vez em vez de esperar meses ou anos para que o segundo e terceiro volume sejam editados.
Li os três livros num estantinho. É inevitável comparar esta história à do Harry Potter e é interessante saber que a primeira edição deste Magicians Guild foi escrita e publicada antes do Harry Potter ter sido editado. 
Esta é a história de Sonea, uma miúda pobre de uma cidade assombrada pelo poder da guilda dos mágicos. Um dia, num dos dias negros da purga, Sonea descobre ter poderes mágicos. Até ser aceite, ou melhor, até aceitar fazer parte da guilda Sonea passa por imensas peripécias. Já na guilda, sendo oriunda das classes mais baixas da sociedade mas tendo um poder imenso, Sonea, faz amigos, inimigos e torna-se o centro de discussões. Sendo testemunha involuntária de um acontecimento estranho, ela torna-se portadora de um segredo que a fará vitima de chantagem e recipiente de sabedoria e poder.
Uma boa história para quem gosta de fantasia.




publicado por Patrícia às 15:49 link do post
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
subscrever feeds
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

antónio lobo antunes

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO