Ler por aí
 
20 de Setembro de 2009




Sinopse:
Três crianças órfãs atravessam o mundo para encontrar a felicidade.
1974
Em Adis Abeba, Solomon, um menino etíope de doze anos que perdeu a mãe, assiste à partida do pai para a guerra contra a Somália, de onde nunca regressará. Um programa de ajuda promovido pelo governo cubano mudará o rumo da sua vida.
Entretanto, numa pequena aldeia da Índia, Muna, uma órfã de onze anos é vendida pelos tios a um negociador de escravos. Muna vive o inferno, trabalhando 16 horas por dia, rodeada de moscas e pulgas. Mas a sua vida muda quando a levam para servir na casa de uma família abastada, em Bombaim.


Sita já tem seis anos e não guarda recordações da vida anterior à admissão no orfanato. O seu maior sonho é ter pais, como as outras meninas. Para realizar o seu desejo, terá de cruzar o globo.
2004
Trinta anos depois, o acaso reunirá estas três pessoas tão diferentes e as suas vidas convergirão em Barcelona, graças a um destino tão aleatório quanto inevitável.




Um livro em três actos... Três personagens interessantes: Muna, uma menina que é vendida como escrava. Sita, irmã de Muna que vai para um orfanato e Solomon que, após perder os pais, vai estudar para Cuba.
Três vidas moldadas pelo destino, pela sorte e que se cruzam em Barcelona em 2004. Não é um livro triste, como tantos que contam as desgraças que acontecem em países como a India ou a Etiópia. É um livro de esperança, de sorrisos, apesar de nos chamar a atenção para tantos problemas que teimam em persistir e que tantas vezes tentamos ignorar.
De escrava a estrela de bollywood; de orfã a médica pediátra ou como um arquitecto de sucesso recomeçou a sua vida a bordo de um navio Etíope a caminho de Cuba.
publicado por Patrícia às 00:02 link do post
18 de Setembro de 2009

Se alguém estiver interessado em comprar toda a colecção dos vampirinhos (Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse, Amanhecer) pela módica quantia de 40€ é só só avisar, ok?
publicado por Patrícia às 13:36 link do post
17 de Setembro de 2009



Sinopse: Uma visita a uma velha mansão transforma-se num assunto de vida ou morte...Neste enfeitiçado volume do mundo das Jóias Negras, um escritor enlouquecido descobre que é descendente dos Sangue. Mas quando percebe que os seus sonhos de grandeza e fama são apenas uma fantasia, decide vingar-se. Os Sangue vão pagar caro por o substimarem e a primeira vítima vai ser a família SaDiablo. Surreal SaDiablo e o Príncipe Rainier recebem um convite para visitar uma velha mansão que personifica os mitos e poderes mágicos dos Sangue. Mas a mansão é, na verdade, uma poderosa armadilha mortal para capturar outros Sangue e usá-los como marionetas para inspirar a sua escrita. As suas vidas dependem agora de um jogo de enigmas. Enquanto Surreal e Rainier lutam para escapar à armadilha mortal, Daemon Sadi e o seu meio irmão Lucivar preparam-se para aparecer no máximo das suas forças. E prometem que quem os provocou, vai arrepender-se...
Mais um livro de Anne Bishop passado no mundo das trevas. É o reencontro com as personagens já conhecidas da Triologia das Jóias Negras. Confesso que este livro me deixou um bocadinho desiludida. Estava à espera de conhecer o real poder de Jaenelle e isso não aconteceu.
A história gira à volta de Surreal SaDiablo, mas também não explora o potencial da personagem (acho que Surreal tem um papel mais importante no último livro da triologia das Jóias Negras).
Gostei, porque gosto do mundo criado por Anne Bishop, mas não me agradou especialmente.
publicado por Patrícia às 09:49 link do post
17 de Setembro de 2009


Sinopse
Chá e Amor, romance escrito antes da atribuição a Kawabata do Prémio Nobel da Literatura, oferece-nos, ao longo só de cinco capítulos, uma história de amor cerzida com os pontos cruciais da psicologia (nomeadamente a feminina), a estética do belo e do feio, o passado e o presente, traumas e desafio a esses traumas, o encontro e o desencontro, a glória de um dia e a solidão qual um beco (talvez...) sem saída.A presente obra de Yasunari Kawabata, traduzida em todas as línguas cultas é um daqueles títulos que podem ombrear com os mais célebres romances que são os altos pontos de referência de todas as literaturas que os séculos nos proporcionam - e que contribuem, sem dúvida nenhuma, para o conhecimento do ser humano.




Estava à espera de um grande livro, de uma história linda comparável apenas às grandes histórias de amor. Mesmo que fosse metaforicamente. E eu gosto de histórias à base de metáforas. Mas não gostei especialmente deste livro. A cerimónia do chá, os costumes japoneses, esta outra cultura nada me diz. Nem sequer me atrai.
O livro está muito bem escrito sem dúvida. A escrita até é relativamente fácil. Mas é daqueles que não vou reler.
publicado por Patrícia às 09:28 link do post
pesquisar neste blog
 
email
ler.por.ai@sapo.pt
subscrever feeds
mais sobre mim
tags

2017

adam johnson

afonso cruz

afonso reis cabral

agatha christie

alexandre o'neill

alguém quer este livro?

amin maalouf

ana cristina silva

ana margarida de carvalho

ana saragoça

ana teresa pereira

anna soler-pont

anne bishop

anne holt

antonio garrido

as paixões antigas

biblioteca de bolso

brandon sanderson

carla m. soares

carlos campaniço

carlos ruiz zafón

chimamanda ngozi adichie

colleen mccullough

conversas (sur)reais

cosmere

cristina drios

curtas

dan brown

danuta wojciechowska

david soares

diário de leitura

direitos dos leitores

dulce maria cardoso

elena ferrante

filipe melo

frank mccourt

george r.r martin

gonçalo m. tavares

greg mortenson

haruki murakami

helena vasconcelos

ildefonso falcones

inês pedrosa

isabel allende

jo nesbø

joão tordo

jodi picoult

josé eduardo agualusa

josé luís peixoto

josé rodrigues dos santos

josé saramago

juan cavia

julia navarro

juliet marillier

ken follet

l.c. lavado

ler em português

leya em grupo

lídia jorge

livros

luís miguel rocha

mai jia

maria manuel viana

mário zambujal

marion zimmer bradley

meg wolitzer

mitos e outros temas livrescos

mónica faria de carvalho

natal

nuno nepomuceno

opinião

os meus amigos também gostam de ler

patrícia müller

patrícia reis

paulo m. morais

podcast

richard zimler

robert wilson

robin sloan

roda dos livros

rosa lobato faria

rui cardoso martins

rui zink

sandra carvalho

sonhos

stephenie meyer

stieg larsson

stormlight archives

tarita

the way of kings

tiago carrasco

trudi canavan

ursula k. le guin

valter hugo mãe

vasco ribeiro

victoria hislop

words of radiance

youtube

zoran živković

todas as tags

blogs SAPO